Notícias e informações

Copa do mundo no Brasil em 1950

Após perder a Copa do Mundo de 1950, o Brasil prepara-se para sediar mais uma vez uma Copa, que será realizada em 2014 em diversas cidades-sede do país. Há 53 anos, os brasileiros perderam o título e o grande vencedor daquele ano foi o Uruguai.copa-do-mundo-1950

Com total de 22 jogos durante 23 dias, o time brasileiro venceu todas as fases até enfrentar na final os uruguaios com placar de 1×2. A grande final ocorreu no Estádio do Maracanã no dia 16 de julho, data que jamais será esquecida pelo Brasil, que chegou tão perto de consagrar-se campeão do mundo.

O time daquele ano contava com: Barbosa, Augusto, Juvenal, Bauer, Danilo, Bigode, Friaça, Zizinho, Ademir, Jair e Chico. O técnico era Flávio Costa. O único gol brasileiro foi de Friaça aos 2 minutos do segundo tempo, porém os uruguaios se recuperaram minutos depois marcando 2 gols que lhe deram a vitória.

A Copa do Mundo de 1950 também marcou a volta das competições após um hiato durante a Segunda Guerra Mundial. Com a Europa destruída pelo conflito, o Brasil foi o único candidato natural e ter condições de sediar o evento.

Para celebrar o ato e a conquista de realizar a Copa em solo brasileiro, o país construiu o maior estádio do mundo na época, o Maracanã (RJ), inaugurado na partida entre Brasil e México, vencida pelos brasileiros por 4 a 0.

maracanã

Voltando às origens esportivas, a Copa do Mundo teve naquele ano um sistema de organização diferente e bastante complicado, pois a primeira fase foi composta por 13 equipes, divididas em dois grupos de quatro, um de três e outro com apenas duas. E por fim, como todos já sabem, o Brasil que era favorito ao título ficou em segundo lugar.

About Editor

No information is provided by the author.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>